segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Natal e Ano Novo

A equipe Ekoa deseja a todos um final de ano cheio de inspirações e impulsos para a construção de um mundo mais justo, mais saudável e amoroso para todos! Sabemos que a nossa missão de criar espaços que possibilitem a troca de experiências, conhecimentos e valores que contribuam com a evolução dos indivíduos e de suas relações é um desafio, mas acreditamos que é possível se conseguirmos tocar cada pessoa que de alguma forma se relaciona com a Ekoa: nossos clientes, amigos, parceiros e fornecedores.

Venha junto com a gente nutrir relações!

Fecharemos nos dias: 24/12, 30/12 e 31/12. Voltaremos com tudo em 02/01/12!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Gentileza gera gentileza

A Ekoa Café saiu no Jornal da CNT como um exemplo do movimento Gentileza gera Gentileza.

No dia da filmagem uma cliente tomou e deixou um café compartilhado com uma mensagenzinha e o Celso, nosso cliente fiel, falou um pouco sobre essa proposta da Ekoa de conectar as pessoas que aqui frequentam!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Árvore de Natal da Ekoa!

Nesse final de ano esperamos você para pendurar um recadinho em nossa árvore de cipó de Natal. Ela está logo na entrada da Ekoa, participe e reflita sobre o novo ano que se aproxima...



quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Green Drinks Ecoando por aí!

Gentileza Gera Gentileza, aceita um café?

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

O amado cafezinho do brasileiro - foto: Divulgação

Olha só que delícia de notícia!!!

O paulistano Ekoa Café, casa pautada por atitudes sustentáveis e uso de produtos orgânicos, na Vila Madalena, oferece o Café Compartilhado, no âmbito do movimento Gentileza Gera Gentileza.

Você toma um e deixa um pago para o próximo cliente que entrar após sua saída.

O crédito fica anotado em uma lousa.

O melhor de tudo é que o café pode ser servido com alguma mensagem positiva deixada por quem o pagou. Um bilhetinho, uma frase, uma poesia… o que lhe der vontade.

E é isso que tem feito o sucesso da ideia inspirada em um romance que tem como cenário a República Tcheca, conta Marisa Bussacos, a proprietária da casa. Mais do que o café, as pessoas adoram receber as mensagens, felizes por serem tão agradavelmente surpreendidas.

Quer vivenciar a gentileza?

O aconchegante ambiente do Ekoa Café - foto: Divulgação

Se resolver fazer isso amanhã, 1º de dezembro, das 19h30 às 22 horas, poderá também participar do Green Drinks, evento realizado pelo Ekoa na primeira quinta-feira de cada mês, sempre com bate-papo com uma personalidade do universo sustentável.

Desta vez, a convidada será Carolina Romano, diretora executiva do AsBoasNovas.com, primeiro portal de notícias positivas do Brasil.

O objetivo é proporcionar às pessoas a oportunidade de participar de eventos sociais, saber mais e conversar com outras interessadas nos mesmos temas.

Não custa nada, nem é necessário fazer reserva. Basta aparecer e pagar o que consumir com comanda individual.

Última edição do Green Drinks - foto: Divulgação

Serviço
Green Drinks

01 de dezembro, das 19h30 às 22h00
Ekoa Café
Rua Fradique Coutinho, 914, Vila Madalena, São Paulo/SP, 11 3032-7842
www.ekoacafe.com.br

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Café Compartilhado na Folha de São Paulo

28/11/2011 - 19h13

Cafeteria propõe que cliente pague o café da pessoa seguinte

Maria do Carmo/Folha Imagem
Ambiente do Ekoa café (zona oeste de São Paulo), que propõe projeto para gerar gentileza entre desconhecidos
Ambiente do Ekoa Café, que propõe o projeto "café compartilhado", onde os clientes devem deixar pago o café da pessoa seguinte

A cafeteria Ekoa Café (zona oeste de São Paulo) propõe uma atividade com a finalidade de gerar a gentileza entre desconhecidos.

O "café compartilhado" é um projeto que incentiva o cliente a tomar seu café e deixar o outro pago para a próxima pessoa, com um bilhete de mensagens positivas.

Segundo a dona da casa, Marisa Bussacos, isso gera um ciclo de boas vibrações.

Baseado na ideia "gentileza gera gentileza", o projeto é inspirado em um livro que se passa na República Tcheca.


segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Green Drinks - dia 01/12 - quinta-feira


Nossa próxima palestrante do Green Drinks será Carolina Romano, diretora executiva do portal AsBoasNovas.com.

O AsBoasNovas.com - primeiro portal de notícias positivas do Brasil - gera diariamente conteúdos relevantes, promovendo atitudes e iniciativas que estimulam uma realidade mais equilibrada e convidando as pessoas para atuar em prol de soluções que contribuam para os atuais desafios que o mundo enfrenta.

Como agência, o AsBoasNovas.com se propõe a gerar conteúdos customizados para seus clientes, em formatos diferenciados para plataformas que incentivem um dia a dia mais equilibrado e busquem uma comunicação transparente e construtiva com os clientes e leitores.

Quer tornar o seu dia mais positivo? Acesse o portal e espalhe por aí só notícias boas!

Venha conversar com a gente nessa 5a feira às 19:30!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Como foi o último Green Drinks?

Dia 03/11 tivemos como palestrante do nosso Green Drinks o Renato Guimarães, sócio da Gestão Origami, uma consultoria de sustentabilidade.

O tema foi sustentabilidade no presente e futuro e as novas formas de controle.

Ele começou contando um pouco da história do planeta e das espécies.

– sustentabilidade do planeta x sustentabilidade da espécie (vida no planeta extinta por fenômenos naturais)

- trio água-alimento-energia tem sido manejado de modo que incentiva a extinção do ser humano (água cada vez mais escassa, alimentos cada vez mais caros e energia cada vez mais complicada e agravante de problemas naturais) - aumento da concorrência a longo e curto prazo e disputas geopolíticas por esses fatores.

* demanda de alimento aumentará em 50%, de água 30%, e energia 50%.

- a questão da necessidade de reduzir emissão de gases que agravam o efeito estufa vai ganhar mais destaque e argumentos a cada ano – em 2050 será uma questão ‘imperativa’.

- transformação da comunicação (centralizada – descentralizada – distribuída (internet) ) – enfraquecimento das autoridades. A comunicação, que já era uma forma de poder, tornou-se um pólo econômico social e cultural do planeta

- tendência de mudança do ‘pensamento’ do homem – analything thinking (preferência na solução que resiste ao problema) à design thinking (preferência na produção de artefatos que possam melhorar para que um aprendizado seja obtido no final)

1 - utilização do meio virtual (exemplo tweets que aglomeram outros tweets para ver quais as tendências de investimentos)

2 - utilização de lava para construção de tijolos (com novo método, procura-se obter um resultado benéfico de um produto nocivo a natureza)

3 - novos investimentos em modificação genética (OGM)

4- novos investimentos em energias renováveis – eficiência energética

5- automóveis mais leves, elétricos – menos nocivos a natureza – quanto mais leve, menos energia necessária para colocá-lo em todos processos a que precisa ser disposto (pesquisa em fibra de carbono, outros materiais)

IMPACTOS

Nas pessoas – consciência pesada sobre vários setores (como se alimentar melhor, como comprar produtos mais sustentáveis, como conciliar prazer com natureza).

Nas indústrias – adaptar seu produto a essa nova tendência de concepção das pessoas – resultado = indústrias investindo em pesquisas para agradar ao máximo seu consumidor.

- o problema não é falta de espaço, é a lógica de distribuição que o homem se dispôs no planeta (7 bilhões de pessoas caberiam no Estado de SP)

- aquilo que demorou 200 milhões de anos para ser formado na Terra, o ser humano está acabando em apenas 120 anos. Exemplo – gás Hélio, que acabará em aproximadamente 45 anos

CONCLUSÕES

Não é possível elaborarmos uma agenda estratégica de sustentabilidade sem considerar os efeitos no longo prazo sobre a atuação das empresas.

Sustentabilidade = ponte possível entre o presente e o futuro.

O desafio não é educar os jovens, é preparar as empresas de hoje para uma mudança de mindset.

Aumento do senso de urgência para as empresas agirem e se posicionarem (cada vez mais empresas se adaptam ao que o consumidor e a sociedade vêem como correto).

Somos a geração que esta vivendo uma transição que será escrita na história e que fez com que a relação do homem com o planeta atingisse patamar jamais necessários.

Semana que vem tem mais Green Drinks, aguarde!

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Calor = café gelado

Com esse calor, nada melhor do que o Ekoa Delícia Total. Uma deliciosa combinação de Nutella e café gelado!


terça-feira, 22 de novembro de 2011

23/11: Hub Vila Madá na Ekoa Café!

O Hub é uma incubadora, uma comunidade global e um escritório para inovadores sociais. Sua intenção é inspirar e apoiar empreendedores e iniciativas inovadoras na realização de suas ideias para um mundo radicalmente melhor. Oferece todas as ferramentas para iniciar uma ideia, lançar um projeto e operar um negócio.

O que vai acontecer?

O Hub São Paulo está se expandindo! Depois de quatro anos na Rua Bela Cintra, nós abriremos um segundo espaço do Hub, na Vila Madalena. Um bairro com muita energia, idealistas, negócios sociais e empreendedores em diversas áreas. Além disso, a Vila Madalena já tem uma forte estrutura para apoiar inovação e compartilhar ideias e conhecimento.

Um dos pontos centrais na Vila Madá, que já funciona como um ‘Hub’ é a Ekoa Café, na Rua Fradique Coutinho. Em parceria com a Ekoa, o Hub São Paulo criará um novo espaço no segundo andar do Café. A partir de janeiro de 2012 o Hub usará o espaço para formalizar o apoio aos inovadores sociais no bairro e assim fazer uma parceria que tem sinergia de propósito!

Nos dias 19 e 20 de novembro organizamos um encontro de co-criação. Durante estes dois dias desenvolvemos com 20 membros do Hub São Paulo as novas ideias e novos conceitos para o novo Hub.

Como participar e saber mais?

Participar da apresentação das novas ideias e conceitos, dia 23 de novembro na Ekoa Café.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Ekoa no Diário do Comércio

Algumas empresas já atuam de forma responsável

A padaria Santa Madalena, no Brooklin, segue os padrões de sustentabilidade que sua proprietária, Vera Lúcia Fontana, criou ao perceber que os funcionários chegavam sem conhecimentos mínimos. "Para mim, o mais importante são as pessoas. Percebi que tinha que ter programas de educação aqui dentro da empresa, procurando desenvolver jovens que chegam ao primeiro emprego com as marcas do ensino deficitário e, muitas vezes, de uma família inadequada."

Ela instituiu um programa interno onde todos devem procurar tratar bem o próximo e o planeta. Foram adotados processos de economia de água, uso de sacolas retornáveis, reciclagem de óleo e o sistema de pré-pesagem dos ingredientes que vão entrar na composição do produto final.

Além disso, Vera optou por processos de cozinha artesanal, e não usa as massas semi-prontas, que contêm muitos componentes químicos. "Quero manter a qualidade usando a matéria-prima natural. Fabricamos 83% do que vendemos." Ela disse que o próximo passo será tratar do desperdício de papel e embalagens.

Casa ecológica – A empresária Marisa Conca Bussacos, proprietária do Ekoa Café, na Vila Madalena, dirige uma empresa familiar que já tem três casas – as duas primeiras em Campinas. "Começamos da construção", explicou.

A casa é ecológica, tem aproveitamento da água de chuva e foi pintada com tintas à base de terra crua, sem química. As luminárias foram feitas com filtro de café usado e os móveis de madeira de demolição ou reflorestamento. A casa serve café, sucos, vinho e cachaça orgânicos. E promove um encontro mensal sobre responsabilidade ambiental – o "Green drinks", evento que começou na Europa em casas do gênero.

Óleo – Processar corretamente os resíduos poluidores de um segmento numeroso – o de oficinas mecânicas – é uma iniciativa da Rede Oficina Brasil de franquias de serviços automotivos. O consultor técnico da rede, Antonio Cesar Costa, disse que a maior dificuldade do setor é a falta de legislação.

"Estabelecemos com os franqueados o compromisso de o aplicador seguir a obrigação de descartar o óleo queimado e a embalagem usada em local adequado, determinado pelo fabricante e por nós", disse.

A rede desenvolveu também uma caixa separadora de água e óleo nas pias das oficinas onde os funcionários lavam as mãos. "Defendemos ainda a venda de óleo a granel como medida ambiental" afirmou. Isso evitaria o desperdício e os danos do líquido que sobre nas embalagens.

sábado, 29 de outubro de 2011

Green Drinks - dia 03/11 - quinta-feira - 19:30 às 22h

Sustentabilidade: O futuro no presente

Nosso próximo palestrante do Green Drinks será Renato Guimarães. Renato é jornalista, mestrando em relações internacionais, sócio da consultoria Gestão Origami, editor do blog SustentaNews (http://www.blogger.com/www.sustentanews.com), especializado em temas de sustentabilidade e co-autor do livro "Sustentabilidade: O Futuro no Presente", cujo download pode ser feito no site http://www.gestaoorigami.com.br/.

Os próximos 40 anos trarão enormes desafios para a humanidade: em 2050 seremos 9 bilhões de habitantes, aumentando a pressão sobre os limitados recursos naturais. Diversos estudos mostram, por exemplo, que o acesso a água, energia e alimentos estarão na base de conflitos geopolíticos de consequências imprevisíveis. Vamos conversar sobre como a sustentabilidade pode ser o caminho para ajudar empresas, governos, organizações e indivíduos a pensar no futuro da humanidade e a tomar, no presente, as medidas necessárias para garantir sua perenidade.

Vamos trocar conhecimentos? Venha participar e convide os seus amigos!

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Cafezinho com Chokolah Orgânico

Agora o cafezinho da Ekoa acompanha um chocolate orgânico de menta da Chokolah. Já experimentou?

Além de delicioso, possui 40% de sólidos de cacau e não tem a presença da lactose, é um chocolate cremoso e leve que, auxiliado pelo aroma de menta, deixa uma sensação de refrescância.

Venha tomar o seu café orgânico da Cia Orgânica e provar esse acompanhamento que está fazendo sucesso!



quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Ekoa na Rádio Bandeirantes!

No dia 15 de outubro saímos no programa: "Você é curioso?" da Rádio Bandeirantes.

Em uma reportagem sobre vegetarianismo - segunda-feira sem carne, um movimento para diminuir a quantidade e os dias que o brasileiro consome carne, falei sobre a nossa Lasanha que é vegetariana e o Escondidinho de Quinua, que é vegano.

Já experimentou? A Lasanha é de abobrinha, berinjela, mussarela, molho de cenoura com tomate, não tem massa. O Escondidinho é de quinua com tofu defumado, tomate fresco e seco, macis e purê de inhame. Deliciosos, leves e saudáveis!

Veja a reportagem, começa nos 47min do programa: http://radiobandeirantes.com.br/conteudo.asp?ID=544099

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Água na Jarra - participe!

Começamos em setembro a vender Água na Jarra na Ekoa.

Essa iniciativa foi criada pela ONG Igtiba com o objetivo de valorizar a água tratada, um direito universal de todo cidadão. A ideia é incentivar o consumo da água tratada e filtrada em substituição à água engarrafada. Desta forma, promove-se o consumo responsável da água em restaurantes, empresas, hotéis e nas residências, eliminando os impactos ambientais negativos associados à produção, transporte e disposição final das embalagens descartáveis.

Faz um mês que aderimos à essa iniciativa e até agora deixamos de descartar 104 garrafas!

Participe e conheça: http://www.aguanajarra.com.br/

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Como foi o último Green Drinks?

Green Drinks São Paulo - 06 de Outubro de 2011

HUB São Paulo

Florentine Versteeg
Holandesa, no Brasil há dois anos.

Primeiramente, Flor pediu que todos se apresentassem e fizessem perguntas sobre o Hub para direcionar a apresentação. As perguntas dos participantes foram:

O que é o Hub?
Quem faz o Hub?
Como o Hub pode ajudar as pessoas?
Quais as iniciativas do Hub?
O que o Hub está fazendo para apoiar as empresas que estão dentro do próprio Hub?
O que vai ser do Hub daqui a 5 anos?
Por que você esta envolvida com o Hub?

O Hub pode ser considerado uma rede, um escritório compartilhado. Existem por volta de 25 redes dessa ao redor do mundo, que pretendem pensar sobre o impossível e realizá-lo. Hub não é uma empresa e nem uma ONG, é algo entre os dois. Preocupa-se em não só ter a iniciativa, mas também a “acabativa”. Inovação também é uma palavra chave, tudo deve ser inovador – é importante sempre ter coisas novas a oferecer. O hub está em São Paulo desde 20062007. Nasceu em Londres em 2005.

O espaço do Hub na Bela Cinta é muito convidativo, pois tem a intenção do compartilhamento de idéias, da criação e da inspiração. Mas o principal do Hub não é o espaço, são as ideias e, principalmente, a sinergia entre as pessoas. Ação colaborativa é algo que o Hub estimula – em conjunto cria-se mais e melhor.

Conceitualmente quem faz parte do Hub são os chamados “buscadores inquietos” - Flor passou um vídeo da Apple que exprime muito essa idéia. Há, ainda, pessoas em preparação no Hub, pessoas em ação (possuem negócios e entram na rede buscando aprimoramento), intra-empreendedores sociais e empresas inovadoras.

Dinâmica: mini-Hub

Grupos dividem-se para que juntos consigam encontrar ideias e soluções para problemas apresentados.

Educação: PROBLEMA – desigualdade de oportunidadesPOSSÍVEL SOLUÇÃO: oferecer a mesma oportunidade para todos, conhecimento compartilhado de forma gratuita pela internet (BE-8).

Lixo: PROBLEMA - quantidade e destino de lixo POSSÍVEL SOLUÇÃO: partindo-se do pressuposto que as grandes empresas já preocupam-se com sua imagem no mercado e realizam algumas ações, criar, então, uma consultoria para empresas pequenas para mostrar quais ações podem ser feitas, no que tange a sustentabilidade, dentro de suas possibilidades.

Violência entre professor e alunos: PROBLEMAS – ainda há violência por parte dos professores dentro das escolas, em alguns países. POSSÍVEL SOLUÇÃO: cursos itinerantes para os educadores - reunir os professores para as atividades construtivistas e envolver advogados também, para dar a noção do que é legalmente aceito.

As Práticas do Hub São Paulo atualmente envolvem:

Hub escola – projeto realizado duas vezes por ano, em que todos podem oferecer workshops dentro do espaço do Hub.
Start Up – PIT de idéias que recebem feedbacks.
Business Clinics
Hub consultoria – o hub esta abrindo agora espaço para as empresas, propondo vender suas idéias e compartilhar seus conhecimentos.

Finalizando, Pablo - fundador do Hub - diz que mais do que vender, a intenção do hub é compartilhar informações.

Quer saber mais? Rua Bela Cintra, 409 - http://www.blogger.com/WWW.the-hub.com.br

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Sustainable is Beautiful - Ekoa no About.com

Sustainable is Beautiful

Ekoa Café, an airy and tranquil retreat from São Paulo bustle, occupies a house with Spanish Colonial-inspired architecture in Vila Madalena.

Like other cafés and bistros in this charming district, Ekoa serves healthy dishes in a pleasant ambience, but with an outstanding focus on sustainable design and practices and a diverse range of options in vegan, organic and gluten-free cuisine.

The dining area sets the sustainable scene, with walls covered with raw earth, certified wood tables, lamps made from used coffee filters or ecologically collected bamboo, a staircase made from salvaged lampposts and biosynthetic wood details in the counter.

Ekoa has launched several interactive ideas, such as the shared coffee, when you can leave a coffee ordered for the next customer along with a positive message, and a mural on which the most assiduous customer of the month can post a story.

A great stop in São Paulo for travelers with celiac disease and vegetarians, Ekoa has all dishes on its menu marked with a V for vegan, a crossed G for gluten-free and an O for organic.

The comforting and exciting properties of soup are acknowledged in the names of the ones served at the café. The Soothing Soup ("Calmante", R$14,30) is a pumpkin cream with basil and ginger. Mixed greens, queijo de coalho, sugarcane molasses and coriander seeds go into the Energizing Soup ("Energizante", R$10,20).

Several healthy twists on Brazil's bar hearty food make up the Bar Talk ("Conversa de Balcão") list, with the baked eggplant turnovers (spinach dough filled with eggplant, ricotta and Brazil nuts, R$5) as one of the highlights.

The pastry used in the pies (about R$10) is made from rolled oats, yogurt and whole wheat flour. Some of the best choices for a more filling meal are the organic vegetable lasagna (R$17,20) and the quinoa escondidinho, or casserole (R$16,80).

For dessert, one of the great choices is cuca de banana (R$5,20). There's also creamy brigadeiro with cupuaçu topping.

Ekoa serves many coffee-based drinks, such as Ekoa Delícia (milk, coffee and Nutella, R$7). There are also many types of tea, smoothies and juices, caipirinhas made from organic cachaça.

The café has joined the Água na Jarra ("Water in the Pitcher", www.aguanajarra.com.br), a movement aimed at doing away with the consumption of water in plastic bottles at restaurants. But bottled mineral water is also available.

Ekoa also has branches in Campinas, SP

sábado, 1 de outubro de 2011

Green Drinks - dia 06/10 - quinta-feira

Nossa convidada do mês será a Florentine, que falará sobre o Hub, um espaço de trabalho para inspirar, conectar e catalisar empreendedores que querem mudar o mundo.

O Hub São Paulo atrai a uma comunidades de mais de 200 inovadores sociais. Facilitadores criam oportunidades de colaboração, ajudando os membros a aproveitarem seus potenciais para formar alianças e compartilhar know-how em rede.

Lá você pode ter a oportunidade de participar de eventos sociais, conversas e oficinas regulares trazidas por membros e palestrantes convidados, e programas para desenvolver seus projetos.

- Espaço flexível para encontros, trabalho, eventos e articulação.

- Ferramentas e infraestrutura necessária para viabilizar projetos: internet wireless de alta velocidade, impressora, fax, copiadora e serviços de telefonia.

- Biblioteca com livros e periódicos para estimular suas idéias e inspirar seu trabalho.

- Um programa de palestras para o fortalecimento de projetos e pessoas.

- Conexões com as pessoas certas, conhecimento e recursos por meio da rede.

- Facilitadores que amarram essas possibilidades e ajudam os empreendedores a alcançar o que precisam.

Ficou interessado?

Convidamos a todos para uma conversa sobre como podemos criar mais desses espaços em
São Paulo. Venha participar!

Para saber mais, acesse: http://saopaulo.the-hub.net/public/

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Oficina Horta em casa com Claudia Visoni!

OFICINA HORTA EM CASA

Claudia Visoni (jornalista, ambientalista e microagricultora) promoverá um encontro sobre cultivo caseiro de alimentos em 15 de outubro, sábado, das 15h às 18h.

Local: Ekoa Café
Investimento: R$ 30
Contato: 3813-1782 / 9624-2220 / claudia@conectar.com.br

PROGRAMAÇÃO

Pensar globalmente

• O que é Revolução Verde;
• Panorama da agricultura mundial e o que você tem a ver com isso;
• Diferenças entre a produção convencional e o cultivo orgânico;
• Diferenças entre a produção orgânica e agroecológica.

Agir localmente

• As vantagens de produzir alimentos em casa;
• Passo-a-passo para montar sua horta
• Como plantar em varandas e pequenos espaços;
• Composteira e minhocário doméstico;
• Dicas da permacultura para fazer uma horta econômica e ecológica;
• Entre na rede de troca de experiências dos Hortelões Urbanos.

Para se increver mande um e-mail para claudia@conectar.com.br com as seguintes informações:
Nome:
Idade:
Profissão:
Telefones para contato:
Por que essa oficina o interessa?

São apenas 35 vagas. Se você pretende participar, por favor reserve!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

22 de setembro - Dia mundial sem carro



Um movimento que começou em algumas cidades da Europa nos últimos anos do século 20 e desde então vem se espalhando pelo mundo, ganhando a cada edição mais adesões nos cinco continentes. Trata-se de um manisfesto/reflexão sobre os gigantescos problemas causados pelo uso intenso de automóveis como forma de deslocamento, sobretudo nos grandes centros urbanos, e um convite ao uso de meios de transporte sustentáveis - entre os quais se destaca a bicicleta.

Vamos participar, amanhã deixe o seu carro em casa e use o transporte público, a bicicleta ou então ande à pé!

sábado, 10 de setembro de 2011

Segunda-feira: Cardápio novo na Ekoa!

Segunda-feira começaremos nosso novo cardápio com algumas releituras, como o Mignon Gastromotiva que será servido em formato de comidinha.

Teremos também novidades, como o Escondidinho de Quinua, que será uma comidinha "para todos", já que é vegana e sem glúten!

Aguarde que ainda tem mais por vir...

Venha nos visitar e experimentar todas as delícias que a Ekoa preparou para você!

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Aniversário Ekoa Vila Madalena 3 anos

Agradecemos a todos que vieram comemorar conosco o 3o aniversário da Ekoa Café Vila Madalena!

Contamos com a presença do DJ e parceiro Robson, da Vinikau que animou a festa com as suas playlists!









Como foi o último Green Drinks?

Novidade: o BE-8, que trabalha com a disseminação de conhecimentos para que as pessoas que não tem condições consigam assistir aulas online das melhores faculdades do mundo, irá gravar todo Green Drinks e disponibilizar na internet. Quem não conseguir participar fisicamente das discussões, conseguirá assisti-las todo mês!

A página do projeto no FB é http://apps.facebook.com/beeight/

E para assistir o último Green Drinks que foi sobre o Movimento Eu Voto Distrital, acesse:
http://vimeo.com/28503800

Até o próximo encontro!

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Aniversário Ekoa Vila Madalena


Sexta-feira - dia 02/09 - 19:30 às 22h


No mês de setembro a Ekoa Café São Paulo completa 3 anos e queremos comemorar junto com todos que fazem parte dessa trajetória!

Nada melhor do que uma festa com música para animar esse dia especial.

É com muito orgulho que comemoramos 3 anos de muito aprendizado, acolhendo todos que frequentam o Café, servindo comidinhas de qualidade e ecoando nossa missão que é criar espaços que possibilitem troca de experiências, conhecimentos e valores que contribuam com a evolução dos indivíduos e de suas relações.

Venha comemorar com a gente!

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Green Drinks - dia 01/09 - quinta-feira



Horário: 19:30 às 22h

No próximo Green Drinks traremos para a discussão sobre sustentabilidade o movimento #EuVotoDistrital e o palestrante será Emygdio Neto que contará como funciona e como nós cidadãos podemos construir uma política mais justa.

Aproximando a política do povo a ideia é melhorar a qualidade da política brasileira. O voto distrital tem a capacidade de corrigir os defeitos do atual sistema eleitoral e possibilitar uma democracia mais participativa. O cidadão é mais ouvido, fiscaliza de perto o político eleito e aumenta seu poder no combate à corrupção.

O objetivo é aprovar pelo Congresso Nacional a Lei que torna o Voto Distrital (voto majoritário uninominal de dois turnos) no sistema eleitoral para eleição de deputados federais, estaduais e vereadores. O primeiro foco é a Eleição de Vereadores em 2012.

Meta final do movimento: Conseguir 1.000.000 de assinaturas, para mostrar aos políticos a mudança que o Brasil quer.

O prazo: Setembro de 2011.

Faça parte você também acessando: http://www.euvotodistrital.org.br/ e vote!

Esperamos você aqui na quinta-feira!

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Como foi o último Green Drinks?

O Green Drinks desse mês teve como pauta o engajamento de stakeholders, exemplificado pela Natura. Contamos com a presença da Camila Fornazari, socióloga que trabalha há 7 anos na Natura e que nos apresentou o tema e nos fez refletir sobre a atualidade desse assunto. Compareceram na Ekoa, diversos empresários que trabalham e se interessam por sustentabilidade.

Stakeholders, literalmente, são as partes interessadas, portanto, o engajamento de stakeholders baseia-se no processo de busca do ponto de vista dessas partes sobre seu relacionamento com a organização.

Esse movimento de engajamento não é novo, surgiu a um tempo tendo como ponto de partida que tudo é interdependente e de que esse processo é essencial para a tomada de decisão dentro da empresa.

Atualmente, esse movimento vem tomando força devido ao âmbito que o engajamento de stakeholders pode assumir na estratégia da empresa, esse é um fator de diferenciamento empresarial.

De um modo geral, o engajamento de stakeholders cria-se a partir de quatro passos: o primeiro deles é mapear os stakeholders, portanto, conhecer as partes interessadas na empresa. O segundo deles é construir a materialidade, entender o que é importante para esse público, cruzando sempre com o interesse da empresa. O terceiro é conhecer os impactos que a empresa causa e, por último, uma etapa importante é dar o retorno para os stakeholders, através de comunicação, interatividade e redes virtuais.

Na Natura esse processo acontece desde 2008 com o desenvolvimento de diversos painéis de diálogo. A identificação da pessoa certa que vai contribuir para o diálogo é parte fundamental do processo e é possível ser feita através do Natura Conecta, um Quiz em que as pessoas que se destacam são selecionadas para discutir sobre a Cultura da Natura com a empresa. Para saber mais, acesse:

http://www.naturaconecta.com.br/youknow/loginYouKnow.seam?org=

Mês que vem tem mais, lembre-se é toda primeira 5a feira do mês às 19:30!



sábado, 30 de julho de 2011

Green Drinks - dia 04/08 - quinta-feira

Venha para o próximo Green Drinks das 19:30 às 22h!

Camila Fornazari será nossa próxima mediadora, ela trabalha há 7 anos na Natura com responsabilidade social empresarial e sustentabilidade, com experiência em temas como indicadores GRI, relatórios de sustentabilidade, sistemas de gestão, ouvidoria, ética e diálogo.

Atualmente coordena o projeto de Engajamento de Stakeholders da Natura que oferece espaços de diálogo aos públicos de relacionamento da empresa de modo a apoiar a evolução da qualidade das relações e cocriar soluções.

O tema será debatido a partir da experiência da Natura de engajamento de stakeholders. O processo de gestão de relacionamentos da empresa tem como objetivo estabelecer maior aproximação dos públicos de relacionamentos à gestão da Natura; abrir as fronteiras da organização para escutar nossos stakeholders e poder capturar evoluções para o sistema de gestão e planejamento; co-criar soluções de futuro que tragam impactos positivos para toda a comunidade Natura.

O processo de engajamento de stakeholders parte da convicção de que a construção de respostas para os atuais desafios enfrentados pela humanidade passa necessariamente por um processo coletivo de pensar o futuro, focado na ampliação de consciência e no diálogo. Partindo dessa premissa, a Natura busca construir essas respostas em conjunto com os públicos interessados e/ou impactados por elas, e associá-las à evolução do modelo de gestão. Desejam que, cada vez mais, as contribuições dos públicos com os quais eles se relacionam ajudem a aprimorar a forma deles se planejarem e gerirem.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

O que andam falando sobre a Ekoa?

Encontramos no http://whereinsaopaulo.wordpress.com/2011/03/18/ekoa-cafe/ uma dica sobre nós:

Aqui – ó!

It’s not an easy task to find a decent café to hang out for afternoon tea/coffee in this city. I’ve seen cozier places, but Ekoa Café has a nice little terrace upstairs where you can lie in a hammock and enjoy a cup of organic tea and a yummy slice of cake.


Where:
Rua Fradique Coutinho, 914
Vila Madalena

Website:
www.ekoacafe.com.br

quarta-feira, 20 de julho de 2011

O que você sabe sobre o Vale do Ribeira?

QUITUTES COM PROSA – RODA DE CONVERSA SOBRE O VALE DO RIBEIRA

Dia 21/07 - amanhã - às 19h30 aqui na Ekoa Café!

Você sabia que o Vale do Ribeira abriga a maior faixa contínua de Mata Atlântica do Brasil, uma das maiores biodiversidades do planeta, além de características culturais igualmente únicas?

As cidades de Cananéia e Iguape - localizadas no litoral do Vale - guardam um rico patrimônio histórico de casarios coloniais, além de belas praias e comunidades caiçaras.

Já os pequenos municípios de Eldorado e Iporanga, distantes do litoral, ficam na região de terreno acidentado que abriga cachoeiras e impressionantes cavernas, acessíveis por trilhas em meio a Mata Atlântica, que também esconde dezenas de comunidades remanescentes de quilombos que lutam para preservar suas tradições.

Toda essa riqueza que interliga meio ambiente, cultura, aventura e história encontra-se muito próxima da cidade de São Paulo, mas um dos maiores desafios do Vale do Ribeira é ampliar a visibilidade para sua singularidade e suas dificuldades.

PARA QUEM FICOU CURIOSO OU INTERESSADO, o Núcleo Oikos propõe uma RODA DE CONVERSA SOBRE O VALE DO RIBEIRA, para apresentar e discutir informalmente seus potenciais e sua importância, com convidados que vivem e/ou trabalham diretamente com o Vale.

Nessa roda de conversa, apresentaremos também uma proposta para quem quiser mergulhar e vivenciar de fato a realidade local – uma viagem de Imersão no Vale do Ribeira.

Participe conosco!

sábado, 16 de julho de 2011

O que aconteceu no Green Drinks de Julho?


Projeto Piloto em Aritapera – Santarém/PA (desde 2010)


Nosso facilitador desse mês foi o Artesol, que trabalha com o regaste do artesanato de tradição e já tem mais de 100 projetos executados. O projeto em discussão no Green Drinks foi voltado para o turismo de base.

Primeiramente o Artesol mostrou um vídeo em que o Artesanato de Aritapera é explicado. O trabalho que é realizado na região é o artesanato de cuias, nos afluentes do rio Amazonas. As cuias são uma espécie de recipiente que pode armazenar água, comidas, ou ainda, ser um objeto decorativo. São as mulheres que as produzem, elas se dividem nas etapas da produção, que demora 8 dias.

O trabalho do Artesol na comunidade foi de apoio em busca de reconhecimento. A primeira expositora no Green Drinks foi Marianne Costa (via Skype) que explicou melhor o conceito de Turismo de Base, que consiste em um modelo alternativo de desenvolvimento turístico, foi criado em 2003 com o objetivo de geração e distribuição de renda. Em Santarém a intenção era que este projeto unisse turismo e artesanato para o desenvolvimento local.

Analisando o local o Artesol considerou que ele era um tanto inviável para que um turista pudesse passar um determinado tempo, então o Artesol teve que repensar uma forma para viabilizar o turismo naquela região – demandava um grande investimento em transporte e infra-estrutura para um retorno não tão grande. No entanto, foi percebido que não havia condições de levar uma grande quantidade de turistas até o local, pois o objetivo era além de gerar renda, buscar manter a tradição do local.

Nesse contexto o Artesol, ao invés de levar os turistas para a comunidade, levou as cuias para Santarém, que é um local turístico, como forma de divulgar o trabalho artesanal dessas mulheres.

No último momento do Green Drinks, o Artesol apresentou um pouco do dia a dia das pessoas que ficaram na comunidade: a diferenças de alimentação, habitação e hábitos diários. O choque cultural foi perceptivo nas estadias dos técnicos do Artesol, que nos contaram casos engraçados e bem diferentes dos que vivenciamos normalmente.

Se você não veio nesse, em agosto tem mais!




quinta-feira, 7 de julho de 2011

Feriado Sábado - Abriremos!

Nesse sábado, feriado, abriremos em horário reduzido: 12h às 19h!


Esse friozinho pede um cafezinho bem quente com um brigadeiro de colher com calda de cupuaçu, que tal?

Estamos esperando por você!


terça-feira, 5 de julho de 2011

Visita

Recebemos ontem uma visita inusitada na Ekoa: Zeca Baleiro. Ele tomou nosso caprichado cappuccino italiano com a borda de chocolate!

sábado, 2 de julho de 2011

Green Drinks - dia 07/07 - quinta-feira

O ARTESOL participará do próximo Green Drinks SP abordando o tema “TURISMO + ARTESANATO DE TRADIÇÃO + SUSTENTABILIDADE: reflexões sobre um modelo de desenvolvimento turístico possível”

O ARTESOL possui 12 anos de experiência com cerca de 100 projetos desenvolvidos e 5000 artesãos participantes. Ao longo desses anos seu trabalho foi de resgate e valorização do artesanato de tradição, promovendo o desenvolvimento humano, técnico e econômico nas localidades onde atua. Agora, o ARTESOL resolveu alçar vôos mais altos e apostar em mais um modelo alternativo de desenvolvimento socioeconômico para as comunidades: o turismo de base comunitária.

Mas o que o ARTESOL tem a ver com o turismo?

O ARTESOL acredita que as dimensões do turismo de base comunitária e da produção de artesanato de tradição são complementares e se reforçam mutuamente. Por isso, o ARTESOL desenvolveu (em parceria com o Ministério do Turismo) um projeto piloto em Aritapera – Santarém/PA para articular essas duas dimensões, reconhecendo e valorizando artesãos e moradores da comunidade como os principais protagonistas e atribuindo valor agregado e reforçando a identidade cultural do destino de turismo de base comunitária a ele associado.

Nesse próximo Green Drinks faremos um bate-papo a partir de toda a experiência (técnica e pessoal) vivida no processo de estruturação da comunidade para ser protagonista de um modelo alternativo de desenvolvimento.

Precisamos de confirmação de presença no e-mail: marina@artesol.org.br

Para mais informações sobre o projeto, acesse o blog: http://airacuias.wordpress.com/ou o site do ARTESOL: www.artesol.org.br


quarta-feira, 22 de junho de 2011

Vídeo da Ekoa na Band

Bebida de inverno é aqui na Ekoa!

Veja a Elaine preparando o Ekoa Deleite! O original vai na xícara, aqui quiseram gravar no copo Joe. Esse é um dos mais pedidos quando o tempo começa a esfriar, venha aproveitar!

terça-feira, 21 de junho de 2011

Ekoa no Jornal da Band

Não percam amanhã cedo no Jornal da Band - 18:45 às 8h - uma reportagem sobre bebidas quentes que será filmada aqui na Ekoa Sao Paulo.

A Elaine fará ao vivo essas bebidas!

Está previsto por volta das 7:30...liguem a TV no café da manhã!

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Feriado - abriremos!

Nessa 5a feira de feriado abriremos das 11h às 18h e na 6a feira e no sábado o horário será normal: 10h às 21h!

Passe aqui para curtir a rede, os livros livres e nossas comidinhas e bebidas deliciosas. Uma ótima oportunidade para experimentar as novas sopas sem a pressa do dia-a-dia!

sábado, 18 de junho de 2011

Sopas Novas na Ekoa

Já experimentou as nossas sopas novas?

O Creme de Brócolis voltou com a mesma qualidade e a Sopa de Cebola e a de Tomate com Pimentão Vermelho Assado e Especiarias já estão fazendo sucesso!

Com o friozinho nada melhor do que passar na Ekoa para experimentar uma dessas sopas, ler um bom livro e depois tomar o Ekoa Cremoso que combina chocolate meio amargo com cachaça orgânica. Ficou com vontade? Venha nos visitar!


Creme de Brócolis

quinta-feira, 16 de junho de 2011

O que aconteceu no Green Drinks de Junho?

O tema e o mediador do Green Drinks São Paulo do dia 04 de junho de 2011 foram o Código Florestal e o Rafael Poço respectivamente.

A proposta do Código Florestal foi elaborada em 1999 e passou pela câmara em 2005, no entanto, ninguém sabe ao certo o que exatamente foi aprovado.
Foi somente a partir do decreto segundo o qual os proprietários que não cumprissem o acordo com o código teriam seu crédito retirado que começou o debate. A pressa no governo para a aprovação é necessária pois o decreto dura apenas até o dia 11 de junho.
Um dos argumentos utilizados para mobilizar a população em favor do código é a hipótese do aumento da concessão de solo para atividades públicas, interesse social ou de baixo impacto. Assim, a partir da isenção de 90,2% das propriedades da preservação das matas, os proprietários poderiam aumentar a sua produção e amenizar o problema da falta de alimentos. No entanto, muitos se opõem a este já que pode colocar muitas pessoas na ilegalidade uma vez que no setor de agricultura familiar há o problema de falta de transparência.
Os pequenos agricultores, que tiram seu sustento desse meio, apresentam grande preocupação e interesse em relação ao tema enquanto os que vêem a terra como uma ferramenta para “fazer dinheiro” apresentam-se alheios em relação ao assunto

QUESTÃO COLOCADA: são especuladores, agem como pessoas que jogam na bolsa.

Durante a discussão surgiram os seguintes tópicos: a ameaça a floresta decorrente do urbanismo, o fato de que apenas no Brasil a lei não funciona, as diferenças das implicações de conservação e preservação, o fato de o debate não ter considerado as paixões e a ciência (implicações de mudança climática) e a questão da anistia, ou seja, o dispositivo que concede anistia para quem desmatou até julho de 2008, o impacto que da aprovação do código.

Além disso, foi debatido o descaso em relação ao Código Florestal. Pode-se evidenciar esse fato na medida em que a folha está dando mais destaque para o debate da maconha do que para o novo código florestal. Não há sequer um colunista comentando sobre o tema. Como solução a esse desinteresse da sociedade em relação ao assunto, foi concluído que é necessário incentivos para que a mídia intervenha nesse assunto já que esta é a principal formadora de opinião atualmente. A internet também foi sugerida como sendo uma ferramenta de grande importância para a divulgação e conscientização da população. Por meio de redes sociais como o Facebook seria possível a mobilização e discussão com milhares de pessoas e diferentes grupos sociais.

Tivemos uma discussão calorosa e a conversa que era para acabar às 18:30 terminou às 20:30! Isso demonstra a importância do tema e o interesse de todos que participaram!

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Veja SP indica a Ekoa para tomar chocolate quente!

Saímos na Veja SP como indicação para as pessoas virem tomar um delicioso e diferente chocolate quente: Chocolate Massala (chocolate quente com especiarias e pedaços de chocolate), além de saboroso, tem especiarias que aquecem o corpo!

http://vejasp.abril.com.br/noticias/lugares-chocolate-quente-sao-paulo?utm_source=twitter&utm_medium=vejinha&utm_campaign=noticias#.TfRnl-hhGFE;facebook

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Green Drinks na Virada Sustentável - Código Florestal - uma questão de ponto de vista?

Nesse sábado da Virada Sustentável trazemos como tema para a discussão o Novo Código Florestal. Será das 16:30 às 18:30. Entenda um pouco dessa questão.

No dia 22 de maio, em meio ao contexto de discussões sobre o Código Florestal na Câmara dos Deputados e no Ano Internacional das Florestas, foi celebrado o Dia Internacional da Biodiversidade.

Em Nova York, o secretário geral das Nações Unidas, Ban-Ki-Moon, aproveitou para ressaltar o valor das florestas para a humanidade. No Brasil, país com maior biodiversidade no mundo e detentor, junto com China, Canadá, Estados Unidos e Rússia, de 50% das florestas, a data é um bom momento para lembrar a importância da biodiversidade e florestas para a vida no planeta.

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) também se manifestou sobre o valor das florestas e de sua função de conservar a diversidade biológica em comunicado.

“Os benefícios das florestas são extensos. Florestas capturam e armazenam água, estabilizam o solo, abrigam a biodiversidade e dão uma contribuição importante para a regulação climática e dos gases de efeito estufa que as estão causando.Elas geram lucros para empresas internacionais e proporcionam renda e recursos essenciais para centenas de milhões das pessoas mais pobres do mundo. Contudo, apesar de nossa crescente compreensão e apreciação do quanto nós colhemos das florestas, elas ainda estão desaparecendo em ritmo alarmante”, afirma a FAO.

O Brasil é o país que mais perde floresta anualmente e a maior ameaça às florestas e biodiversidade no país é o desmatamento.

No ano passado, o Brasil se comprometeu em conferência internacional em Nagoya, no Japão, a cumprir as metas de conservação de biodiversidade estabelecidas pela Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB) das Nações Unidas para 2020.

O Ministério do Meio Ambiente brasileiro, em parceria com o WWF-Brasil, União Internacional para Conservação da Natureza (UICN) e o Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ), já começaram a se mover para cumprir tais metas e vêm mobilizando a sociedade civil para a elaboração de um plano brasileiro de implementação das metas da CDB no país.

Porém, o cumprimento dos compromissos internacionais assumidos e a manutenção e conservação das nossas florestas e recursos naturais estão em jogo com as alterações propostas, e aprovadas pela Câmara dos Deputados, no Código Florestal do país no último dia 24 de maio.

“O Brasil vem assumindo uma postura de liderança na conservação ambiental e se comprometeu internacionalmente a cumprir metas de conservação da biodiversidade para a próxima década. O novo código florestal, em fase de análise, representa um retrocesso no caminho que o país está traçando e ameaça seriamente a nossa diversidade biológica”, afirmou o superintendente de conservação do WWF-Brasil, Carlos Alberto de Mattos Scaramuzza.

O texto aprovado na Câmara dos Deputados e que está em análise no Senado, dá poder aos mais de 5,5 mil municípios para autorizarem o corte de florestas e abre brechas para desmatamento em qualquer local voltado à “produção de alimentos”.

Outras ameaças às riquezas naturais de todo o Brasil, não só da Amazônia, também são contempladas no documento. Entre elas, consolida desmatamentos ilegais feitos até julho de 2008, reduz a faixa protetora de vegetação na margem de rios e córregos, libera topos de morros e montanhas, serras e bordas de chapadas à criação de gado, permite corte de árvores ameaçadas de extinção, como a araucária, e reduz a função socioambiental das propriedades diminuindo a necessidade de manter vegetação nativa.

Se, por um lado estudos comprovam que é possível aumentar a produtividade de alimentos com a quantidade de terra já disponível para a agricultura atualmente, por outro, com as alterações no Código Florestal aprovadas na Câmara dos Deputados, as florestas, a biodiversidade e os serviços que elas nos prestam estarão correndo risco maior. E a humanidade é quem pagará por isso.

Fonte: WWF Brasil

Indignação? O Green Drinks desse sábado visa fomentar essa discussão. Qual o nosso papel nisso? O que podemos fazer?

Uma ação rápida e que dá força para mobilizar a mudança desse novo Código é votar no link abaixo:
https://secure.avaaz.org/po/peticao_codigo_florestal/?r=act

Veja o videozinho para aquecer e venha participar do Green Drinks!





sábado, 28 de maio de 2011

Como fazer o Ekoa Viver Bem

O friozinho já está se aproximando e nada melhor do que um bom drinque para esquentar!

A aposta do outono/inverno é o Ekoa Viver Bem: café, açúcar mascavo, mel, gengibre e leite vaporizado. Temos um videozinho do passo a passo desse drinque. O mel e o gengibre já estão juntos e é a primeira camada.

Confira e venha experimentar!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Mudança nos horários da Ekoa!

Atenção

A partir do dia 30/05 - segunda-feira - mudaremos nosso horário de funcionamento.

Abriremos de 2a feira a sábado das 10h às 21h, mas flexibilizaremos esse horário para eventos marcados com antecedência!

sábado, 21 de maio de 2011

Mobilização

Nós cidadãos comuns podemos engajar, mobilizar pessoas para o que estamos fazendo ou para o que acreditamos?

Matt fez isso de forma simples e conseguiu uma legião de seguidores, vejam:


sexta-feira, 20 de maio de 2011

Novidade no espaço!

Existe prazer maior do que ir em uma cafeteria no friozinho, tomar um chocolate quente com especiarias que aquecem o corpo e ainda ter livros, revistas e joguinhos para se distrair?

A Ekoa já tinha tudo isso, mas agora criamos uma estante dedicada à leitura, em que os LIVROS são LIVRES: pegue um e deixe outro tão interessante quanto, ADOTE uma revista antiga, mas com reportagens ainda atuais e DIVIRTA-SE com joguinhos e também aproveite poesias de clientes nossos!











quarta-feira, 18 de maio de 2011

Next Billion - Economia do Café

Você já ouviu falar sobre o NextBillion?

O NextBillion Brasil é uma plataforma de conhecimento e oportunidades voltadas para empreendedores, ONGs, líderes sociais, empresas e estudantes e demais interessados em explorar a conexão existente entre desenvolvimento social e mercado.

No mês passado mostraram a reportagem sobre a Economia do Café, um artigo que faz parte de uma série de dois textos que tratam da questrão do café como meio de sobrevivênvia em algumas comunidades, além do envolvimento da Nestlé com essa questão.

Vale a pena dar uma olhada, não só nessa reportagem, mas no site como um todo:

http://brasil.nextbillion.net/blog/2011/04/29/economia-do-caf-ii

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Você gosta da Ekoa?

Pessoal,

Quem frequenta a Ekoa e gosta do estabelecimento agora pode recomendar na Veja.

É só dar um like no link do Facebook aqui:

http://vejasp.abril.com.br/comidinhas/ekoa-cafe

quinta-feira, 12 de maio de 2011

O que aconteceu no Green Drinks? 05 de maio de 2011

Nosso convidado foi Reinaldo Canto.

Ao entrar no mundo da sustentabilidade descobriu que provocar é uma boa forma de por o tema em pauta. Um de seus artigos mais polêmicos dizia que quem trabalha com sustentabilidade não deve ser taxado como “chato” e viver se defendendo. Os rótulos da sustentabilidade (esquerda? Direita? Muito pelo contrário!)

Existem, portanto, diversos rótulos e paradigmas. Os paradigmas envolvem o medo de mudanças, a oposição ao desenvolvimento - como pode haver desenvolvimento sem sustentabilidade? O desenvolvimento precisa ser sustentável. Outros paradigmas são o distanciamento da realidade – futuro é longe; a fauna e a flora ficam longe – o meio ambiente e os seres humanos são um todo, e não partes.

A questão do consumo também foi discutida..os números eram impressionantes!

Um fato: A realidade já não é mais a mesma – cresce mais a quantidade de lixo produzida no Brasil do que a população!

Questão: Petróleo vale mais que água! Que tipo de valor estamos considerando?

A partir disso pudemos estabelecer uma discussão sobre valor, valores, publicidade e diversos outros assuntos:

O imediatismo é que nos faz distanciarmos da realidade - “a água está acabando? Mas eu tenho água na minha torneira”.

A questão do TER x SER - a publicidade e os efeitos: os desejos latentes que são despertados. Mas também pode se tornar um aliado – pega na emoção!
Novamente é levantada a questão de como lidar com esta diferença entre esquerda e direita. A carta capital tem pessoas mais radicais e é um veículo mais de esquerda. A dificuldade está em passar que sustentabilidade é um tema macro, não é ideologia!

Por fim, Reinaldo- que trabalhou dois anos como diretor de comunicação do Greenpeace - contou um pouco da história do Greenpeace e passou vídeo inspirador:

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Como a Ekoa pode evoluir?

Queremos saber o que você pensa sobre a Ekoa, pois queremos evoluir junto com você!

Respondendo a pesquisa abaixo você ganha um código no final para tomar um cafezinho orgânico de grátis! Aproveite porque acaba em duas semanas!

http://ekoacafe.wufoo.com/forms/ekoa-cafa-vila-madalena/

sábado, 30 de abril de 2011

5a feira: Green Drinks - com Reinaldo Canto

Reinaldo Canto, nosso próximo mediador do evento, escreveu dois artigos na Carta Capital: "Nem direita, nem esquerda, muito pelo contrário!" e "Parabéns, São Paulo: 7milhões de carros" que geraram bastante polêmica.

Nesse Green Drinks ele irá abordar esses dois temas. O primeiro procura tirar o rótulo do conceito sustentabilidade, em que pessoas e empresas defendem muitas vezes interesses individuais sobre os coletivos e mesmo assim consideram-se sustentáveis.

Já o segundo tema discute a marca que São Paulo acaba de atingir de 7 milhões de carros circulando pelas ruas. De um lado pessoas que usam o transporte individual no deu dia-a-dia, de outro pessoas que defendem o desenvolvimento sustentável e uma melhor qualidade de vida com o uso de transporte coletivo e a bicicleta.

Esses temas darão muita pauta para as discussões, venha participar e leia também esses artigos no site abaixo:

http://www.cartacapital.com.br/author/Reinaldo%20Canto

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Como foi o último Green Drinks?

Para quem ficou curioso, mas não conseguiu vir para o Green Drinks, segue alguns pontos que foram discutidos:

- Zaida, nossa mediadora, morava em São Paulo e foi para Nazaré Paulista quando ficou estressada e teve seu primeiro contato com sustentabilidade (nos anos 80);

-Preposição do Transition Towns: Crise econômica, pico do petróleo e mudança climática;

-Nós somos a primeira geração a ter que fazer algo pelo meio ambiente;

-Nos EUA e Europa há muita iniciativa sobre o processo de transição, nas áreas mais habitadas há maior concentração de Transition Towns;

-No Brasil é mais interessante pois não temos tanto aperto, a tal da resiliência, capacidade de sofrer choque às externalidades;

-Comecou em Totnes com Rob Hopkins;

-A partir daí sugiram varias cidades em transição na Europa;

-4 Reconhecimentos do Transition Towns: vida com menos energia é inevitável, perdemos a resiliência de lidar com choques energéticos, precisamos agir por nós mesmos e precisamos agir agora e ao liberar oxigênio coletivo da comunidade começamos a desenhar formas de vida diferentes;

-Transição começa de uma mudança interna para mudança externa;

Terá uma Ecofeira da Transition Towns da Granja Viana no dia 25 de maio;

Sites relacionados:

-www.transitionus.org
-www.transitionus.ning.com
-www.transitionculture.org
-www.transitionbrasil.ning.com





sábado, 16 de abril de 2011

Páscoa

A equipe Ekoa deseja a todos uma ótima Páscoa e que todos possam passar o domingo com familiares e amigos especiais!

Nós abriremos quinta e sexta-feira das 11h às 18h e sábado no horário normal: 9h às 21h.

Aproveite para vir nos visitar, estamos vendendo ovinhos artesanais do Bruno´s chocolate, vale a pena conferir!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Programa Empreendimento Sustentável da Redecard

No dia 24/03 fui representar a Ekoa em um curso da Redecard sobre Empreendimento Sustentável que abordou questões essenciais de gestão para aplicar sustentabilidade no negócio. Levei para os alunos o case da Ekoa, um pequeno negócio que aplicou sustentabilidade como base do negócio. Foi interessante compartilhar essa experiência com pessoas que querem e não sabem por onde começar.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

5a feira: Green Drinks - Cidades em Transição

Venha participar de mais um Green Drinks, o happy hour da sustentabilidade que acontece no mundo todo! Será aqui na Ekoa das 19:30 às 22h com Zaida Amaral.
Acesse: http://www.transitionnetwork.org/